Aerolíneas Argentinas retoma rota para Salvador

Aerolíneas Argentinas retoma rota para Salvador

Primeiro voo chega de Buenos Aires dia 19 de dezembro; viagens terão duas frequências semanais


Mais um destino internacional está disponível para os baianos no Salvador Bahia Airport, membro da rede VINCI Airports. A Aerolíneas Argentinas retomou a rota entre a capital baiana e a capital do país vizinho para brasileiros. O primeiro voo pousa em Salvador no dia 19 de dezembro. É possível encontrar voos com partidas de Salvador às quintas e domingos, às 10h15 e chegada em terras baianas às 9h25. O trajeto é realizado num Boeing B738 com 170 assentos disponíveis.


Recentemente, o país vizinho liberou a entrada de brasileiros em seu território. No entanto, é preciso atender a alguns requisitos. As informações podem ser consultadas no site oficial de turismo da Argentina. O passageiro também pode buscar mais informações junto à Embaixada daquele país ou ao seu agente de viagens.


"A retomada deste destino é bastante importante, por fortalecer o turismo e a economia dentro da América Latina, valorizando os destinos que estão próximos. Além do mais, a Argentina é o maior mercado emissor de visitantes estrangeiros na Bahia. Esperamos, com esse retorno, um impulso a mais no nosso mercado", Marc Gordien, diretor comercial do Salvador Bahia Airport.


Segurança


O Salvador Bahia Airport implementou os mais altos padrões sanitários, para proporcionar aos passageiros uma jornada segura. Essas medidas são parte da campanha internacional “Protegendo uns aos outros” desenvolvida e promovida pela VINCI Airports para todos os aeroportos da rede. Elas estão de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e ratificadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


Para assegurar a proteção de todos, o Salvador Bahia Airport aumentou a frequência da higienização das áreas comuns, marcou distâncias de segurança no chão, colocou barreiras de proteção nos balcões de check-in e disponibilizou álcool gel no terminal. Assim como em outros ambientes públicos, é obrigatório o uso de máscara nos terminais de passageiros e de cargas.


Uma câmera térmica está instalada no embarque para aferir - à distância - a temperatura dos passageiros. Também foi desenvolvido um plano de contingência para atendimento e deslocamento de passageiros com suspeita com Covid-19.


Sobre o Salvador Bahia Airport


Localizado em Salvador, capital baiana e primeira capital do Brasil, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país, ele conecta o estado da Bahia com cerca de 30 destinos, domésticos e internacionais.


Desde o início da Concessão, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Grandes investimentos em um programa de modernização e ampliação levaram à extensão de 22.000 m² de área construída, ao acréscimo de seis novas pontes de embarque, à abertura de mais uma pista para aviação comercial e à instalação de um sistema de detecção e combate a incêndio. Além disso, o aeroporto se comprometeu a apoiar o desenvolvimento econômico do estado através do desenvolvimento de tráfego e iniciativas de estímulo ao turismo.


Reconhecido como um aeroporto verde pelo Conselho Internacional de Aeroportos, o Salvador Bahia Airport se destaca por suas conquistas no campo da sustentabilidade entre as quais zero descarte de efluentes, adoção de medidas visando eficiência energética, e a implementação de um programa efetivo de reciclagem. As iniciativas estão alinhadas com o compromisso da VINCI Airports em reduzir sua pegada de carbono. O Aeroporto também procura valorizar e promover as especificidades culturais e sociais da Bahia, um de seus grandes ativos.


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos espalhados pela França, Portugal, Reino Unido, Suécia, Sérvia, Camboja, Japão, Estados Unidos, República Dominicana, Costa Rica, Chile e Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.


Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada. Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.