Aeroporto de Salvador recebe selo da Diversidade Étnico-Racial pela terceira vez

Aeroporto de Salvador recebe selo da Diversidade Étnico-Racial pela terceira vez

Reconhecimento foi concedido pela Secretaria Municipal da Reparação de Salvador no dia 16 de dezembro


O Salvador Bahia Airport recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, o Selo da Diversidade Étnico-Racial, reconhecimento concedido pela Secretaria Municipal da Reparação de Salvador a organizações que desenvolvem ações de combate ao racismo institucional. O selo, concedido no dia 16 de dezembro, estabelece condutas e compromissos para as empresas signatárias em relação à promoção de igualdade racial e equidade nas relações de trabalho.


O reconhecimento reflete ações que o Salvador Bahia Airport, membro da rede VINCI Airports desde 2018, vem tomando desde quando conquistou o primeiro selo: no ano passado, o aeroporto criou o Comitê de Diversidade, que tem o objetivo de desenvolver e implementar ações de combate à discriminação na instituição. Atualmente, dos 228 colaboradores da empresa, 168 se declaram pretos ou pardos. Olhando exclusivamente para as mulheres da equipe, 70% delas também se declara preta ou parda. A rede VINCI Airports tem um time multicultural, representando 50 nacionalidades com aeroportos em doze países.


"A VINCI Airports traz a diversidade como um de seus valores, buscando combater todas as formas de discriminação na contratação, nas relações profissionais e na evolução de carreira dos colaboradores, acolhendo pessoas de diferentes origens", declara a gerente de Recursos Humanos do Salvador Bahia Airport, Isabela Dantas.


No último novembro, o Salvador Bahia Airport reforçou os esforços da empresa na luta contra o racismo. Uma das ações promovidas pelo Comitê de Diversidade foi a um treinamento virtual aos empregados sobre racismo estrutural e formas de combatê-lo. O aeroporto também firmou uma parceria com a AFRO TV, startup que reúne talentos negros para a produção de conteúdo audiovisual. O projeto, que lançou mini vídeos sobre turismo afro na Bahia, mostra que o estado mais negro do Brasil tem potencial para se tornar o maior destino negro da América Latina.


"O objetivo do comitê é fomentar internamente a discussão sobre diversidade e inclusão no ambiente corporativo. A VINCI Airports tem o Manifesto Juntos!, que são as estratégias globais da empresa, e a diversidade é um desses pilares. Entrar para o Comitê me deu a oportunidade de aprender muito sobre esses temas. Um dos principais objetivos do Comitê é educar, informar, para que nós aprendamos a conviver com diferenças", diz o Assistente de Segurança da Aviação Civil, Cleber Santos, integrante do Comitê de Diversidade.


Sobre o Salvador Bahia Airport


Localizado em Salvador, capital baiana e primeira capital do Brasil, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país, ele conecta o estado da Bahia com cerca de 30 destinos, domésticos e internacionais.


Desde o início da Concessão, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Grandes investimentos em um programa de modernização e ampliação levaram à extensão de 22.000 m² de área construída, ao acréscimo de seis novas pontes de embarque, à abertura de mais uma pista para aviação comercial e à instalação de um sistema de detecção e combate a incêndio. Além disso, o aeroporto se comprometeu a apoiar o desenvolvimento econômico do estado através do desenvolvimento de tráfego e iniciativas de estímulo ao turismo.


Reconhecido como um aeroporto verde pelo Conselho Internacional de Aeroportos, o Salvador Bahia Airport se destaca por suas conquistas no campo da sustentabilidade entre as quais zero descarte de efluentes, adoção de medidas visando eficiência energética, e a implementação de um programa efetivo de reciclagem. As iniciativas estão alinhadas com o compromisso da VINCI Airports em reduzir sua pegada de carbono. O Aeroporto também procura valorizar e promover as especificidades culturais e sociais da Bahia, um de seus grandes ativos.


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos espalhados pela França, Portugal, Reino Unido, Suécia, Sérvia, Camboja, Japão, Estados Unidos, República Dominicana, Costa Rica, Chile e Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.


Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada. Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br.