Com 6 destinos inéditos, Salvador Bahia Airport tem previsão de melhor janeiro desde 2019

Com 6 destinos inéditos, Salvador Bahia Airport tem previsão de melhor janeiro desde 2019

•     VINCI Airports tem usado sua expertise em desenvolvimento de tráfego para superar as dificuldades impostas pela pandemia
•    A capital baiana estará ligada a 36 aeroportos, 3 além do que foi operado no ano passado


18 de novembro, Salvador – Com seis destinos inéditos, o Salvador Bahia Airport, membro da rede VINCI Airports, prevê o melhor janeiro em três anos, superando o período anterior à pandemia. O aeroporto terá um acréscimo de 0,5% no número de passagens colocadas à venda, se comparado ao mesmo mês de 2019. Dos destinos inéditos, três serão operados pela Azul, com viagens para Porto Velho, Montes Claros, e São José do Rio Preto, e três pela GOL, com viagens para Cuiabá, Belém e Florianópolis. No total, Salvador estará ligada a 36 aeroportos, três além do que foi operado no ano passado.


Devido à expertise da VINCI Airports em desenvolvimento de tráfego, Salvador tem conseguido superar as dificuldades impostas pela pandemia, transformando o Salvador Bahia Airport em um dos hubs nacionais. Isso se soma ao motor de sustentação para o avanço do setor: a demanda.


O avanço da vacinação no país tem permitido a retomada do turismo de forma segura, gerando uma ampliação nas rotas e a percepção de que a volta dos brasileiros para as viagens aéreas não será algo temporário, e sim um crescimento constante.


"Com a experiência da VINCI Airports foi possível ampliar a quantidade de voos ofertados, além do incremento de frequências de rotas já existentes. Usamos nossa expertise para reforçar que somos um aeroporto competitivo, eficiente e localizado em um dos destinos turísticos mais ricos no Brasil", explica Marcus Campos, gerente de Marketing e Promoção Aérea do Salvador Bahia Airport.


Ineditismo


Com o voo para Florianópolis, pela primeira vez Salvador terá voos diretos para todas as capitais da região Sul – Florianópolis (diário pela GOL), Curitiba (11x por semana pela GOL), e Porto Alegre (11x por semana – operados pela GOL e Azul). Outro destaque é que, pelo segundo ano consecutivo, Salvador terá voos para todas as regiões do Brasil.


Para a região Norte, além de Palmas - que se mantém entre os destinos servidos desde dezembro de 2020 pela GOL – somam-se Belém (operado pela GOL) e Porto Velho (operado pela Azul), este último sendo o voo doméstico mais longo saindo da capital baiana, com 4h05 de duração.


Já no Centro-Oeste, a novidade fica com a possibilidade de viajar direto para Cuiabá com a GOL. Além de Cuiabá, nesta região do país o Salvador Bahia Airport oferece também os destinos de Brasília (operado por GOL, Latam e Itapemirim) e Goiânia (operado por GOL e Azul), ambos com mais de uma opção diária de voo.


Sobre o Salvador Bahia Airport


Localizado na primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Desde então, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Com este objetivo, foram realizadas obras de modernização e ampliação do terminal de passageiros, um investimento de R$ 700 milhões que ampliou sua capacidade em 50%, de 10 milhões para 15 milhões de passageiros ao ano. Apontado por dois anos seguidos como o "Aeroporto Mais Sustentável do Brasil", o Salvador Bahia Airport se destaca pelo seu espírito pioneiro em suas ações de preservação ambiental. Mais informações podem ser encontradas no site ou nas redes sociais @salvadorbahiaairport.


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, maior operador privado de aeroportos do mundo, administra 45 aeroportos em 12 países na Europa, Ásia e nas Américas. Com sua expertise agregadora, desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos. Também aplica sua capacidade de investimento e conhecimento em otimizar o desempenho operacional, modernizando infraestruturas e conduzindo-as rumo à sustentabilidade ambiental. A VINCI Airports se tornou o primeiro operador aeroportuário a desenvolver uma estratégia ambiental internacional, em 2016, com o objetivo de atingir a neutralidade de carbono na sua rede em 2050.


Mais informações estão disponíveis em: site da Vinci, no Twitter ou no perfil Oficial do Linkedin.


Imagem: Divulgação | Foto: Will Recarey