Governo brasileiro reconhece o Salvador Bahia Airport por seu programa de sustentabilidade pelo segundo ano seguido

Governo brasileiro reconhece o Salvador Bahia Airport por seu programa de sustentabilidade pelo segundo ano seguido

•    Reconhecimento do Ministério da Infraestrutura destaca melhores práticas em gestão socioambiental para o setor de transporte e infraestrutura;
•    O programa AIRPACT, da VINCI Airports, conseguiu reduzir as emissões de carbono do aeroporto em 30% e o transformou no mais sustentável do Brasil


Salvador, 22 de outubro – Pelo segundo ano seguido, o Salvador Bahia Airport – integrante da rede VINCI Airports - foi reconhecido com o Prêmio Via Viva, concedido pelo Ministério da Infraestrutura.


O Salvador obteve a maior pontuação no Índice de Desempenho Ambiental (IDA) para o setor de transporte e infraestrutura. O IDA avalia as práticas de gestão socioambiental e verifica a qualidade da evolução do compromisso do setor, servindo como parâmetro para avaliar a eficácia de programas de sustentabilidade, como o AIRPACT.


Campeão em sustentabilidade


Este é o segundo prêmio em sustentabilidade que o Aeroporto ganha em 2021. Em junho ele foi apontado como o mais sustentável do Brasil pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Desde que a VINCI Airports começou a operar o Salvador Bahia Airport, em 2018, o Salvador Bahia Airport reduziu suas emissões de carbono em cerca de 30% devido à implantação de uma usina solar com 11 mil painéis solares; a substituição de lâmpadas comuns por LED e a implantação de sistemas de reuso de água.


Esses resultados são fruto da AIRPACT, estratégia ambiental da VINCI Airports,  principal operadora de aeroportos privados do mundo, administrando 45 aeroportos em 12 países da Europa, Ásia e Américas e, mais especificamente, o Salvador Bahia Airport desde 2018. Todos os seus aeroportos devem atender a metas ambientais ambiciosas, alcançando a neutralidade de carbono em sua rede em 2050. Em 2021 a VINCI Airports introduziu o combustível sustentável de aviação (SAF) pela primeira vez no aeroporto de Gatwick em Londres e anunciou uma parceria com a Airbus e a Air Liquid para promover o uso de hidrogênio e acelerar a descarbonização do setor de aviação.


"A política Airpact, da VINCI Airports, nos estimula a ser líder na descarbonização do transporte aéreo, portanto continuaremos avançando e inovando na área ambiental no nosso aeroporto e engajando nossos parceiros,  subconcessionários e a comunidade local para a sustentabilidade", destaca Yann Le Bihan, diretor técnico do Salvador Bahia Airport.


Sobre o Salvador Bahia Airport


Localizado na primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Desde então, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Com este objetivo, foram realizadas obras de modernização e ampliação do terminal de passageiros, um investimento de R$ 700 milhões que ampliou sua capacidade em 50%, de 10 milhões para 15 milhões de passageiros ao ano. Apontado por dois anos seguidos como o "Aeroporto Mais Sustentável do Brasil", o Salvador Bahia Airport se destaca pelo seu espírito pioneiro em suas ações de preservação ambiental. Mais informações podem ser encontradas no site ou nas redes sociais @salvadorbahiaairport.


Sobre a VINCI Airports


A VINCI Airports, maior operador privado de aeroportos do mundo, administra 45 aeroportos em 12 países na Europa, Ásia e nas Américas. Com sua expertise agregadora, desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos. Também aplica sua capacidade de investimento e conhecimento em otimizar o desempenho operacional, modernizando infraestruturas e conduzindo-as rumo à sustentabilidade ambiental. A VINCI Airports se tornou o primeiro operador aeroportuário a desenvolver uma estratégia ambiental internacional, em 2016, com o objetivo de atingir a neutralidade de carbono na sua rede em 2050.


Mais informações estão disponíveis em: site da Vinci, no Twitter ou no perfil Oficial do Linkedin.


Imagem: Divulgação | Foto: Will Recarey